sábado, 23 de maio de 2009

O par perfeito.


Ola humorribilis amigos.A verdade e que não vou postar a merda do costume, mas sim algo que arrisco-me a chamar a poesia da vida, com os laivos dados pela artistica mão humana.
Uma combinação de alguma forma "sui generis" com um toque magico, do meio onde se insere a situação aqui apresentada:Eis a "Putinoff"!Uma vodka eslava que me trouxe o esposo da minha empregada domestica, de um bar de alterne por ele frequentado.Não posso referir o nome da casa de alterne, pois ainda estou em negociações, com a mesma para ser um dos patrocinadores do blog.Por enquanto não aceito uma sessão de sexo oral por dia e um kalashnikov de "Putinoff" sem limão.Mas sinto-me a ceder nestes tempos de crise.
Preciso explicar mais alguma coisa meus humorribilis amigos?Ficam os apontamentos do humor ao vosso criterio.Agora abram alas e deixem a "Putinoff" desfilar no passeio da fama.

Sem comentários:

Publicar um comentário