quarta-feira, 9 de setembro de 2009

Pela Selecção.Sonhar!Sonhar!

É mano ganda tralho! Vi-te na televisão! O pai e a mãe também, sobretudo o pai! Estás lixado, disse o pai: Quando o apanhar vou-lhe escovar o pêlo!
Oh Toni, mas conta lá ao mano o que é que se passou aqui em casa.
Então foi assim diz ele: Estávamos a ver o jogo da bola o pai todo vestido de vermelho e verde com o rádio ligado e a televisão no mudo e a passar-se da mona…. O cota tá a ficar pró maluco e depois diz que tu e os teus amigos é que andam todos fritos prucasa do xamon, ele é que se põe a gritar para o rádio durante o relato do jogo..Cala-te Gabriel! Cala-te Gabriel! Até parece que o menzito o está a ouvir! A mãe coitada é que fica uma beca chateada pois fica ali ao lado a olhar para ele e depois olha pra mim, depois olha para ele e depois olha pra mim.Digo-te mano..Temos sorte por ter uma mãe que olhe por a gente todos!
Mas conta lá onde é que eu entro nesse filme todo chavalo..
Volta-se ele rindo-se à cara podre…Tu não estás lixado, Estás é fodido! Foram as primeiras palavras do pai quando te viu na televisão! Ele disse que já te tinha dito que não te queria com más companhias e o homem quando te viu que tu estavas lá metido na invasão de campo e ouviu que era com os ingleses ainda por cima com a família dos Stewart que são uns Hooligans do caralho, o homem tripou-se todo! Começou até a espumar da boca! A mãe foi buscar o terço coitadinha e começou a rezar, o pai disse-lhe logo: Reza filha! Reza! Reza para eles ainda ganharem o jogo porque aquele teu filho quando acabar os 90 minutos e vier para casa vai ganhar mas é por morte súbita! E quando viu a bófia…Mano! Tu passaste de tar fodido.....A nem quero pensar nisso! Que na escala do pai é mais do que partir-te a vara de marmeleiro em cima. O homem começou logo a gritar: Ele escolhe-os a dedo! Onde eles estão, lá está ele! Já lhe disse não o quero em más companhias! Cada vez que ele está na companhia da policia, é porque vai preso! É o que dá! Estou farto do avisar! Queres fazer merda vê se não há policia por perto! Tou farto de dizer caramba!
A mãe coitadinha cada vez mais triste olhava pró pai, olhava pra ti na televisão e depois olhava pra mim, depois voltava a olhar pró pai olhava pra ti na televisão e depois olhava pra mim…. A cota passou-se e foi correndo a chorar prá cozinha.
O pai continuava a olhar prá televisão e a gritar pró rádio a dizer que te matava a ti e ao Gabriel.
Epá, eu fui ter com a nossa cota e ela tava a chorar ao pé da panela da sopa, eu tive pena dela e disse-lhe: Oh mãe não chores… É sopa tá bem! E que mais há para jantar? Sabes o que a mãe me disse depois…. Que olhava para a gente os três, tu na televisão o pai no sofá e eu no chão. E pensava para ela, para nunca nos deixarmos chamar por filhos de um cabrão! Porque somos de alma e coração como a besta do nosso pai!
Desculpem-me este pequeno a parte na narração da história…Mas a minha mãe é muito emotiva e diz coisas…realmente muito sábias.
E que mais Toni, perguntei eu… Epá ai a mãe foi à sala e disse ao pai: Honório vem prá mesa que eu vou servir o jantar. Perguntou logo o pai: Há tinto? O pai foi prá mesa eu também e a mãe também. E tu se te safares a comeres na boca é porque o pai depois do jantar foi com o tinto ter com o branco, ao tasco, comemorar a vitória do jogo e amanhã o gajo deve tar é todo palheto, só se deve lembrar é dos penalties que andou a marcar com o tinto e o branco.
Oh Toni, aguenta lá ai que eu vou dar uma mija à casa de banho, mas antes passei pelo quarto e fui à gaveta da mesa de cabeceira, se faltava lá alguma picazita de ganza, porque aquela história do puto só se podia explicar se alguém tivesse fumado aquela cena.
Quando dei por mim já tava a dar a minha mijinha…Mas no quarto? De facto é verdade…Percebi logo que esta porra toda que disse..foi uma espécie de sonho molhado..ou então um pesadelo,porque esta selecção nacional, só me faz acreditar que quando for dormir,vou ter que usar fraldas.

Sem comentários:

Publicar um comentário