sexta-feira, 28 de junho de 2013

Inveja com açucar

Decorreu neste ultimo ano uma formação de actores para jovens.
Na apresentação do projecto de formação, o formador para os seus formandos, no intuito de lhes dar uma motivação extra indica-lhes que o melhor aluno da formação irá fazer parte de uma produção da televisão em Portugal para jovens.
Todos se esforçaram imenso, para conseguir desenvolver mais as suas competências e qualidades na arte da representação, mas sempre com o pensamento no prémio, no extra que lhe ia saber ao todo.
Findada a formação.O Formador felicita todos os jovens pelo trabalho que desenvolveram e chegado o momento, surge o nome do António, a escolha mais difícil entre tantos ou aquele todo de gente que mereciam igualmente esta oportunidade.
Parabéns, António! Ouve-se sonoramente da boca do Formador. Vais conseguir ser actor na produção da TVAI  “Morangos com açucre”, assim como outros actores tiveram esse privilegio como o Francisco Dino ou o Angélico Vieirinha.
Antes que as palavras lhe pudessem saltar da boca e se perdesse a atenção do  brilho no olhar e o sorriso de orelha a orelha do António. Eis que se ouve, possivelmente aquela pessoa que só ouve a ultima parte de uma conversa que estamos a ter com ela. António!Não acredites nem aceites o que esse gajo está a dizer!Ele não te está a oferecer uma oportunidade de profissão como actor! Ele quer é matar-te!
Como tudo aparenta ter uma moral, possivelmente isto sendo uma história, maior se torna a razão.Em que das duas, uma.Naquele grupo de jovens descobriu-se um actor de comédia ou então de alguém que pela morte trouxe até si a inveja com o mesmo nome.

Sem comentários:

Publicar um comentário